Instrumentos / Ismail Bahri

2018 Exposições

A exposição explicita a dimensão crítica e ao mesmo tempo sensível da obra de Bahri, voltando-se para o mundo contemporâneo e convidando o espectador à sensibilidade e à atenção. Para a curadora Marta Gili, “seu trabalho incorpora muitas referências culturais e estéticas, desenvolvendo experiências visuais que são sensíveis e precisas. Os resultados desses experimentos tomam formas variadas – desenhos, vídeos, fotografias, instalações e híbridos dessas formas. Os materiais básicos utilizados nessas obras são manipulados e, finalmente, transformados, muitas vezes através de gestos e procedimentos mecanicamente inspirados que estão relacionados, de uma forma ou de outra, ao cinema ou à fotografia.”

A mostra reúne nove trabalhos recentes, todos videoinstalações, tais como “Linha” (2011), “Reverso” (2016) e “Esboço” (2017), entre outros. “Colecionar” (2018), a mais recente, não fez parte da exposição na França e pode ser vista pela primeira vez em São Paulo.

ismailbahriespacoportoseguoexposicao

"Instrumentos", de Ismail Bahri - Espaço Porto Seguro / 2018